Significado do Nome Fernandes

(Ex.: Maria, João ou José Silva)

Fernandes

Gostou do nome Fernandes? Vote:

Fernandes é um nome Masculino.

A origem do nome Fernandes é Espanhol.

Definição do nome Fernandes

Variante espanhola de fernando.

Sobrenome de origem portuguesa, considerado como sendo o patronimico do nome proprio Fernando, assim alguem denominado de Fernandes era filho do Sr. Fernando, esta forma era mais utilizada pelos espanhois com suas variações Fernandez e Hernandez.

Numerologia do nome Fernandes

Número da ambição é 2: Se sente bem no lar, com seus familiares, assim como um relacionamento tranquilo e harmónico, buscando sempre segurança.

Número da personalidade é 3: Se sente bem no lar, com seus familiares, assim como um relacionamento tranquilo e harmónico, buscando sempre segurança.

Número da expressão é 5: Utilizando o raciocínio e a comunicação. Mais florescem quanto mais difíceis forem os objetivos.

Resumo do nome Fernandes

Um aventureiro nato, a pessoa de personalidade 5 adora liberdade e os espaços abertos, para que possa gastar toda a energia que tem. Muito agitado em todos os campos da vida, geralmente são irrequietos, super-ativos e curiosos. Também possui forte atração sexual o que condiz com sua sexualidade agressiva e cheia de energia.

Pontos positivos

Liberdade, Curiosidade, Flexibilidade, Versatilidade, Inteligência

Pontos negativos

Ansiedade, Indisciplina, Instabilidade, Impulsividade, Infidelidade

Outras informações do nome Fernandes

Figueirense

2 Partidas e gols totais pelo clube, atualizados até 6 de Julho de 2012.

Rodrigo Fernandes Valete, mais conhecido como Fernandes, (Itaporanga, São Paulo, 3 de março de 1978) é um futebolista brasileiro que atua como meia-atacante.

Carreira

Fernandes surgiu para o futebol no Presidente Prudente. Nos últimos tempos teve alguns problemas de contusão, é ídolo no Figueirense pelo futebol, caráter e por ser o primeiro atleta a superar a marca de 100 gols pelo clube.

Em 1999, Fernandes chegou ao Figueirense para mostrar o seu talento, no entanto, ele já era pretendido por outros clubes, mas o Figueirense fez um contrato com o empresário do jogador de três meses, pois o seu passe era de empresários. Fernandes disputou o Campeonato Catarinense, e após a competição, foi sondado por Joinville, Criciúma e quase foi parar no maior rival, mas acabou ficando para a disputa da Série C, com excelentes partidas.

No ano 2000, arrebentou no estadual e foi eleito o craque, e na Série B foi artilheiro da competição no seu módulo, conquistando uma vaga para a Série B de 2001. Para o ano seguinte, o meia foi fundamental na série B, contribuindo ao máximo para o acesso a elite do futebol brasileiro. O Palmeiras em janeiro de 2002 contrata o jogador para disputar a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista, onde atuou em poucas partidas. Ele retornou ao Figueirense, sendo convocado para um amistoso contra a Seleção Uruguaia, em Montevidéu, e para o Campeonato Brasileiro.

Em 2003, Fernandes transferiu-se para o futebol sul-coreano para defender o Jeonbuk Hyundai Motors, onde teve grandes atuações, sendo elogiado e sondado por outros clubes. No entanto, com mais experiência, ele aparece para ser o maestro do Figueira em 2004, no Campeonato Catarinense, no Campeonato Brasileiro e na Copa Sul-Americana, fazendo uma bela dupla com o meia Sérgio Manoel e sendo pela segunda vez o craque do Campeonato Catarinense. No mesmo ano, Fernandes foi para futebol árabe, defender o Al-Shabab. Em 2005, Fernandes retorna novamente ao Figueira, e dessa vez para ficar, pois chegou no segundo semestre de 2005, tendo atuações regulares. Em 2006, não foi diferente, pois devido a lesões, o meia ficou muitos jogos na reserva.

Já em 2007, jogando muito bem, fazendo muitos gols, tanto no Campeonato Catarinense, quanto na Copa do Brasil, foi um dos principais jogadores do time na campanha da Copa do Brasil, mas a final contra o Fluminense, ele ficou no banco de reservas. Logo depois do gol, Fernandes foi chamado rapidamente, para jogar com raça e com o coração na ponta da chuteira, mas não foi o suficiente, e teve de amargurar a perda do título.

Na sequência, ainda havia a Copa Sul-Americana, e a continuação do Campeonato Brasileiro. Em 2008, foi sondado por Cruzeiro e Fluminense, mas recusou as propostas. E depois do primeiro jogo da final contra o Criciúma, ele viveu a pior fase da carreira, pois surgiu uma grave lesão, que o afastou dos gramados. Após o desastre, Fernandes foi operado, e até chegou a pensar em encerrar a carreira, mas ele foi muito forte, recebeu forças, demonstrações de carinho e solidariedade, com apoio total da torcida alvinegra e admiradores do seu futebol, e por isso obteve superação apesar de sua dor. Agora já é passado, curado das devidas lesões, sem sentir dores, Fernandes está atualmente a disposição do elenco do clube.

No dia 20 de Setembro de 2011, Fernandes completou 100 Gols pelo Figueirense, sendo conhecido também como Fernan100.

Marcas

Fernandes, o único jogador que conquistou 6 títulos estaduais pelo Figueirense.

Fernandes, pelo vínculo de 12 anos com o Figueirense, passou a ser considerado um patrimônio de luxo.

Fernandes, chega a marca de mais de 400 jogos só pelo Figueirense.

Fernandes, recebe medalha do mérito Thomaz Chaves Cabral.

Fernandes, chega a marca de 107 gols marcados pelo Figueirense*, sendo o maior artilheiro da história do Figueirense.

* Isso que existe mais um gol pelo Figueirense B contra Operárarios Mafrenses na Copa Santa Catairna de 2005, mas não é considerado pois precisa ter vídeo para provar que é oficial.

Títulos

Clubes

Santos

Torneio Rio-São Paulo: 1997

Copa Conmebol: 1998

Figueirense

Campeonato Catarinense: 1999, 2002, 2003, 2004, 2006 e 2008

Vice-Campeonato Brasileiro da Série B: 2001 e 2010

Vice-Copa do Brasil: 2007

Jeonbuk Motors

Copa da Coréia do Sul: 2003

Supercopa da Coréia do Sul: 2003

Individual

Artilheiro da Copa João Havelange - Módulo amarelo*: 2000

Craque do Campeonato Catarinense: 2000 e 2004

Medalha de Mérito Thomaz Chaves Cabral: 2009

Rei de Florianópolis: 2009

* Equivalente a Série B

Curiosidades

Em toda a sua carreira, o jogador nunca levou um cartão vermelho e recebeu apenas 10 cartões amarelos. O primeiro amarelo foi no jogo n° 153, diante do Cruzeiro em junho de 2004 (0x0 pela Série A) e o 10° foi em 2009, no jogo considerado n° 300 pelo clube, terminado em 3x1 pro Fortaleza.

Albeneir • André Santos • Balduíno • Cleiton Xavier • Chicão • Clébão • Edmundo • Édson Bastos • Evair • Fernandes • Jeovânio • Júlio César • Márcio Goiano • Michel Bastos • Loco Abreu • Wellington Nem • Wilson

Adílson Batista • Dorival Júnior • Jorginho • Lauro Búrigo • Mário Sérgio • Muricy Ramalho • Vágner Benazzi

Clássico de Florianópolis • Figueirense vs. Joinville • Criciúma vs. Figueirense

Gaviões Alvinegros • Resistência Alvinegra • Bobgueira

Compartilhe o nome Fernandes

Sugestão de nomes

FernandinoFernandoFernãoFernandaFern

© Todos os direitos reservados - Significado do Nome