Significado do Nome Anabela

(Ex.: Maria, João ou José Silva)

Anabela

Gostou do nome Anabela? Vote aqui:

Anabela é um nome Feminino.

A origem do nome Anabela é Latim.

Amável, justa.

Numerologia do nome Anabela

Número da ambição é 8: Ter amor e afeição, apesar de sua vibração terrena e material. Organizar e controlar.

Número da personalidade é 1: Ter amor e afeição, apesar de sua vibração terrena e material. Organizar e controlar.

Número da expressão é 9: Sem ficar sem dinheiro, pois isto te faz perder sua autoconfiança, precisa de dinheiro para realizar seus planos e revelar sua verdadeira personalidade. Precisa de um companheiro tão generoso e afetivo quanto você. Devera ter a firmeza e a coragem necessária para afastar fracassos.

Resumo do nome Anabela

Otimista, carismático e cheio de vitalidade, a pessoa de personalidade 9 aparenta ter gênio forte, mas na verdade é muito compreensiva, carismática e generosa. Elogia tudo que é bem feito, mas não esconde o que sente quanto à incompetência ou preguiça. Quando apaixonada se torna dócil e passa a ser uma grande amante.

Outras informações do nome Anabela

Anabela Braz Pires (Cova da Piedade, Almada, 22 de Setembro de 1976) é uma conhecida cantora e actriz de teatro musical português, mais conhecida pelo seu primeiro nome, Anabela.

Tornou-se conhecida do grande público por ter representado Portugal no Festival Eurovisão da Canção, pelos seus trabalhos como cantora a solo e também pelas mais variadas peças que protagonizou no teatro musical, colaborando com o encenador Filipe La Féria. Numa entrevista de 2006 à revista Selecções do Reader's Digest, Anabela brincou com a situação dizendo que tinha passado da "menina do festival" para a "menina do La Féria". A par com a música e com o teatro, Anabela é também uma das vozes portuguesas mais solicitadas para fazer as dobragens das músicas de filmes de animação para a versão portuguesa, contando-se, entre outros, filmes como A Pequena Sereia (voz de Ariel nas canções), Mulan (voz de Mulan nas canções), e Entrelaçados (voz de Rapunzel nas canções), todos da Disney. Também interpretou Kayley em A Espada Mágica.

Infância e início de carreira

Anabela nasceu na Cova da Piedade, no distrito de Setúbal, sendo a mais nova de 3 irmãos. Começou a cantar mais a sério com 8 anos de idade, participando em vários festivais infantis e juvenis de norte a sul de Portugal. Com 9 anos de idade, lança o seu primeiro single intitulado Rock do Amor. Em 1989, com 12 anos, representou Portugal no Festival Internacional da UNICEF, realizado nos Países Baixos, onde conquistou o segundo lugar e onde recebeu o Danny Kaye Award pela Melhor Interpretação com a canção "Nova Mensagem de Amor". Neste certame, tem a honra e o privilégio de conhecer a famosa actriz Audrey Hepburn e o cantor Júlio Iglésias. Ainda nesse ano, vence a Grande Noite do Fado.

Em 1991 participou no Festival Internacional da Canção de Sopot, na Polónia, representando Portugal com a canção "Brother". Lançou os seus primeiros álbuns, em 1991 e 1992, denominados Anabela e Encanto.

Carreira musical

Em 1993, com apenas 16 anos, venceu o Festival RTP da Canção e representou Portugal no Festival Eurovisão da Canção 1993, em Millstreet, Irlanda; com a canção "A cidade (até ser dia)". Obteve o 10º lugar, com 60 pontos, tendo recebido por duas vezes a pontuação máxima. Nesse ano, o maestro português Armindo Neves, foi considerado o melhor maestro do festival. A canção A Cidade (Até Ser Dia) foi o primeiro single do seu terceiro álbum, com o mesmo nome. Esta canção é uma das mais ouvidas nas rádios portuguesas no ano de 1993.

O seu quarto álbum, lançado em 1996, chama-se Primeiras Águas, que promoveu a música de sucesso "Avenidas", escrita por Clara Pinto Correia e Rui Veloso. Foi o seu primeiro disco na editora Movieplay. Naquele ano também participou do musical infantil de Filipe La Féria Jasmim ou o Sonho do Cinema.

Em 1999, Anabela trabalhou novamente com La Féria, estrelando o musical Koko. Nesse ano foi lançado o álbum Origens, novamente para a Movieplay, que foi anunciado pela HMV Japão como "a nova geração do fado".

Em 2000 gravou quatro faixas com o músico galego Carlos Núñez, para o álbum maio Longo, lançado pelo músico; e participou na digressão internacional, a qual durou dois anos e meio. Em 2002 continuou a parceria com La Féria, interpretando a protagonista Eliza Doolittle da produção portuguesa de My Fair Lady.

Em 2005 lançou novo álbum, Aether, com a ajuda de Carlos Maria Trindade, No disco interpretou poemas de poetas portugueses como Florbela Espanca, Fernando Pessoa, Manuel Alegre e José Carlos Ary dos Santos. Foi lançada uma versão desse álbum em espanha pela Resistencia Records. Em Março de 2006 apresentou-se em três concertos especiais na Espanha e dois nos Açores, exibindo algumas das canções presentes no álbum Aether.

Em 2006, Anabela e Lúcia Moniz alternaram na interpretação da personagem Maria do musical Música no Coração, a produção portuguesa de The Sound of Music, no Teatro Politeama em Lisboa.

Fazendo uma pausa de menos de um mês, Anabela retornou para o palco em 30 de Maio de 2008, no Teatro Politeama em Lisboa, trabalhando mais uma vez com La Féria. Ela fez o papel de Maria Madalena em Jesus Cristo Superstar, a produção lisboeta de Jesus Christ Superstar. Por todo o mês de Agosto de 2008, Anabela e a companhia inteira apresentaram o musical em Portimão no Algarve.

Discografia

Anabela (Discossete, 1991)

Encanto (Discossete, 1992)

A Cidade (Até Ser Dia) (Discossete, 1993)

Primeiras Águas (Movieplay, 1996)

Origens (Movieplay, 1998)

Aether (Elec3city, 2005)

Encontro (Zona Música, 2006) (álbum em dueto com o tenor Carlos Guilherme)

Nós (iPlay, 2010)

Compartilhe o nome Anabela

Sugestão de nomes

Anabel

© Todos os direitos reservados - Significado do Nome